terça-feira, 3 de outubro de 2017

OS FORASTEIROS DE CUITÉ

Nas duas últimas campanhas para prefeito em Cuité, existiu um preconceito em relação a quem é de Cuité e mora fora da cidade e estavam disputando pleito eleitoral. Os meninos “ Tárcio e Diego” foram tachados de forasteiros, depois o atual prefeito Charles foi  rotulado pelo grupo de  Euda/Bado de Forasteiro. 

Se considerarmos essa prerrogativa de quem foi buscar trabalho honesto, até mesmo por falta de opção de estudo e trabalho em sua cidade, estes foram por necessidade, da mesma forma que o assessor do senador Cássio o ex-prefeito Bado digamos “trabalha” em Campina Grande e o ex-secretário de saúde de Cuité, Gentil Palmeira Filho “ faz reunião de conselho municipal de saúde” na prefeitura de João Pessoa, estes também são os mais novos forasteiros. 

Quem não nasceu em Cuité, pode gozar dos mesmos diretos dos que se acham em menosprezar os “ “forasteiros”?  

Na atual gestão do prefeito Charles este emplacou pelo menos 7 “forasteiros” no primeiro escalão, podemos citar tantos outros nomes respeitáveis que não nasceram na Serra de Cuité e tem contribuído com a terrinha. 

Tem forasteiros ( no bom sentido ) que fizeram mais por Cuité dos que muitos nasceram nela, a exemplo de Dr. Medeiros nasceu em Cubati, mas é um filho adotado por Cuité.  

Apenas uma ressalva que os secretários “forasteiros” ao receber seus salários não corram para capital gastar todos seus percebimentos, deixe um pouco na terrinha de onde estão ganhando dinheiro. 

Os bons “forasteiros”, trabalham, constituem famílias, tem filhos com certidão de nascimento, e muitos deles, empregam pessoas contribuindo com o progresso da sua cidade.

E que vivam os “forasteiros”!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.