domingo, 10 de dezembro de 2017

APÓS COMOÇÃO DA MORTE DE DUAS PESSOAS EM ACIDENTE DE MOTO ENTRE CUITÉ E NOVA FLORESTA , INTERNAUTAS PEDEM PARA NÃO MAIS DIVULGAR BLITZ

O acidente que deixou duas pessoas mortas na noite do domingo (10), na BR 104 trecho entre Cuité e Nova Floresta, chocou a todos e logo tomou proporções maiores. 


Preenchidos pela revolta diante do grande índice de acidentes de trânsito , quando não ceifando vidas deixando seqüelas , resolveram para que casos como esses que vitimou dois jovens nas motocicletas, um de Cuité e outro de Jaçanã-RN fazer uma campanha para pedir que não mais compartilhe localizações de blitze.

Mais do que isso: Incentivam o aumento no número da fiscalização que ninguém mais dê o indicativo de onde a policia de trânsito está autuando aos amigos que, erroneamente, insistem em andar em desobediência as leis de trânsito. 


Alguns saíram em defesa da não realização de blitz, ao alegar que tomam os veículos do pobre que não tem condições de regularizar a documentação do veiculo, outros acham que a policia só deve ir atrás de jovens que andam em alta velocidade pelas vias e com canos estourados das motocicletas.

O que não se tocam é que a lei é uma só para todos, se a policia não apreender o veiculo irregular, como será penalizado quando o mesmo passar numa lombada eletrônica. Quantos veículos com restrição de roubo não passaria impunemente pelas operações policiais. 

Enquanto se discutir a questão econômica e opinar que as autoridades façam vista grossa para os erros não obedecidos pelo CTB, vidas e mais vidas serão ceifadas na rodovia da morte BR 104 no trecho entre Cuité e Nova Floresta. 

Não foi falta de educação de trânsito, foi criado os Amigos do Trânsito do Curimataú-ATC desde o ano de 2015, através do ATC foi levado para Cuité várias ações educativas de trânsito entre elas a PRF realizou a FETRAN nas escolas . O mais ainda lamentável é a exploração das operações com ilações politicas partidárias , e não tem respeito pelas famílias que perderam seus entes queridos para a violência no trânsito. 

Avisar pontos de blitz pelo whatsapp. é crime previsto no Código Penal e existe punição. 

foto facebook 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.