quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

ESCÂNDALO DO GARI : "FOI UM LIVRAMENTO NÃO TER SIDO APOIADO POR MEU LOURO " DIZ EX-VICE PREFEITO DE NOVA FLORESTA

FOI UM LIVRAMENTO: “ FUI VICE-PREFEITO ,MAS NUNCA TIVE AUTONOMIA PARA RESOLVER NADA NA GESTÃO DE MEU LOURO “. DIZ ROSSÉLIO. 


Na noite da terça-feira, 12, o ex-Vice-Prefeito de Nova Floresta Rossélio Silva desabafou no grupo do zap, após a repercussão da denúncia do Ministério Público contra o ex-prefeito Meu Louro de corrupção, entre elas a do Gari (milionário) marajá que chegava a perceber R$ 7 mil reais de diárias e parte dela ficava pela tesouraria da Prefeitura. 

“ Prova maior que não tinha abertura de participar da gestão é que fui preterido pelo prefeito , quando eu seria o candidato natural para receber seu apoio , ele ficou com  o candidato que fazia parte da oposição “ disse Rossélio.

O ex-Vice Prefeito Rossélio diz que só tem orado a Deus por não ter sido escolhido por Meu Louro, foi um livramento.

A única participação no governo do então prefeito Meu Louro foi à indicação do nome para secretaria de esporte, frisou o ex-Vice. 

Segundo Rossélio sabia que administrativamente vinha acontecendo problemas por ouvir  comentários, mas quando chegava ao gabinete do Prefeito ele logo retrucava: O que foi? 

No grupo do whats o ex Vice-Prefeito de Nova Floresta fez uma observação que se levada ao Tribunal Regional Eleitoral e se apurada poderá anular o pleito eleitoral de 2016 .  “  Os fornecedores da prefeitura ficaram do lado do então candidato Jarson apoiado pelo prefeito João Elias , muito estranho isso “ completou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.