segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

EM 2017 A PREFEITURA DE SOSSEGO TEVE GASTO REAL DE MAIS DE MEIO MILHÃO EM COMBUSTÍVEIS

É grande a farra de combustíveis de alguns novos prefeitos municipais com o dinheiro público , principalmente quando se trata da aquisição de combustíveis pelas prefeituras. 

Os casos tomam proporções lastimáveis de má conduta administrativa , o Ministério Público precisa ser avisado e  chame o feito a ordem , adote providências para acabar com essa prática danosa , trazendo sérios prejuízos ao erário público.

Os gastos abusivos com aquisição de combustíveis , apresentam significativa  incompatibilidade com as possibilidades práticas de vários municípios tabajaras. 

O consumo excessivo pelas frotas de veículos municipais , extrapolam o bom senso e a ética moral . Mesmo com o ápice da crise econômica no ano de 2017 teve prefeito gastando verdadeiras fortunas com óleo diesel ,  álcool e gasolina para suas edilidades. 

No pequeno município de Sossego , localizado na região do Curimataú paraibano a prefeita Neide Oliveira  , contratou nominalmente R$ 523,69 mil e despesa real de R$ 520,99 mil em combustíveis.

É preciso que boa parte dos gestores tirem o pé do acelerador, algumas prefeituras executa contrato de dispensa e inexigibilidade de licitação , ou através de pregão presencial , são publicados nos Diários Oficiais do estado e dos Municípios , e na maioria vem constando o pedido de urgência , como forma de encobrir as irregularidades praticadas por alguns  gestores com o dinheiro público.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.