quarta-feira, 14 de fevereiro de 2018

SUSTENTABILIDADE : CUITEENSE É CONVIDADA PARA PUBLICAR PROJETO EM REVISTAS NORTE-AMERICANAS

A cuiteense, Sandra Sereide Ferreira recebeu convites de revistas cientificas norte- americanas com sede em Nova York para publicar seu projeto e fazer parte como revisora de artigos das revistas cientifica.


O projeto da paraibana beneficia regiões semiáridas que padecem com a escassez de água. 

Sandra Sereide concluiu doutorado em 2016 quando concorreu com 17 doutores a uma vaga de pós doutorado na UFCG, um dos pré requisitos seria apresentar projeto inédito e inovador , deu o esperado  a Cuiteense ficou em primeiro lugar.  

O  projeto da Paraibana será destaque em revistas cientificas como Academic Star que tem conceito para pesquisadores  . O projeto da paraibana consiste :  "CONSTRUÇÃO DE CENÁRIOS PARA VIABILIDADE DO REÚSO DE  ÁGUA COMO ELEMENTO MITIGADOR DAS IMPLICAÇÕES  DA SECA EM REGIÕES SEMIÁRIDAS " 

A demanda crescente e a complexidade da gestão da água com a finalidade de reuso têm envolvido distintos setores da sociedade, incluindo acadêmicos, políticos, articuladores das classes sociais, organizações e demais usuários potenciais dos recursos naturais. Contudo, advirta-se que a integração desse e outros atores são de fundamental importância na busca de tecnologias, métodos e políticas a serem implementadas no processo de uso sustentável da água, com menores riscos de comprometimentos futuros. Nesse sentido, pode-se afirmar que as inovações tecnológicas e a pesquisa científica são indispensáveis para enfrentar os desafios presentes e do futuro da sociedade quanto à disponibilidade e qualidade dos recursos hídricos. No caso das regiões semiáridas a situação se agrava com as expectativas crescentes dos efeitos do clima, associados à reduzida disponibilidade, seja quantitativa ou qualitativa, de água superficial e subterrânea.  

A metodologia de construção de cenários proposta no referido projeto é um importante instrumento de gerenciamento de recursos naturais, neste caso específico, recursos hídricos, pois permite envolver um grande número de participantes, tem a possibilidade de orientar o debate público para a construção estratégica coletiva de um futuro almejado, contribui para um eficaz processo de aprendizagem organizacional no âmbito do Sistema Nacional de Gerenciamento de Recursos Hídricos visando um melhor entendimento, tanto dos aspectos ambientais quanto dos aspectos sociais e institucionais relacionados aos recursos hídricos no País, em especial, nas regiões semiáridas. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.