terça-feira, 15 de maio de 2018

JUIZ INDEFERE PEDIDO DE REMOÇÃO DE JUNTA GOVERNATIVA , E ALEXANDRE DE ADERALDO SE MANTÉM A FRENTE DO SINDICATO RURAL DE CUITÉ.


Em despacho o juiz da Justiça do Trabalho , Tribunal Regional do Trabalho da 13ᵃ Região vara do trabalho de Picuí , indeferiu pedido de remoção da Junta Governista Provisória e consequente nomeação pela FETAG de novos membros .
Contudo , determinou novas eleições em até 10(dez) dias a contar do despacho para cumprimento de acordo constante em ata de Audiência do dia 19 de outubro de 2017.  

Uma Junta Governativa Provisória vem dirigindo o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cuité desde a decisão da Justiça do Trabalho pela anulação do pleito em março de 2016 ,  que teve a chapa de Everaldo e Evanuel vitoriosa sobre o então candidato  Francisquinho das Cabaças.


Nessa pisada faz mais de um ano que Alexandre de Aderaldo vem a frente da junta governativa e se diga de passagem fazendo um trabalho produtivo e com transparência . Toda eleição é uma história , o pretenso candidato Everaldo deve enfrentar desta vez um  candidato com maior comprometimento com o trabalhador rural. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.