terça-feira, 18 de setembro de 2018

ATITUDE DE VEREADORES EM CUITÉ , PREJUDICA O CURSO DA CANDIDATURA DE EUDA

Por não haver sessão na Câmara dos Vereadores por falta de quorum para não votar o Projeto de Lei 1.125 de autoria do Poder Executivo , na segunda-feira(17) que dispões da ampliação do limite de abertura de crédito suplementares para o ano em curso de 2018 ,  tiro saiu pela culatra . 

Os vereadores deve recuar e votar a suplementação com urgência , em razão da polêmica gerada .  Essa corda só se arrebenta no  lado mais fraco que é o povo. 

No análise politico quem sai perdendo e muito é a candidata Euda Fabiana , supostamente quem manda e desmanda na bancada oposicionista . Primeiro o  assunto que tomou conta nas redes sociais , não foi a liberação da candidatura de Euda e sim a "suplementação " o foco foi tirado da candidata .

Um dos lados aplaudem o prefeito e o outro os vereadores .  No vaco passa despercebido os eleitores  indecisos que  pode definir quem realmente olha para a população ao invés de se esconder atrás da  cortina de fumaça . 

A oposição quer transparência , mais tempo para apreciar a matéria se esse for o motivo por que então faltam em massa na sessão de ontem ? Por falar em transparência o candidato a deputado federal Manoel Júnior esteve visitando a feira livre em Cuité , questionado sobre onde é que foi parar o dinheiro do Matadouro Público de Cuité , segundo fontes ele respondeu que os recursos voltaram para os cofres público do governo federal e o motivo não soube explicar . 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião sobre esta publicação.